Uma vida desperdiçada

Olá sou brasileiro, 25 anos, sou do estado do Pará, fui apreendido no aeroporto internacional de Hong Kong do dia 1 de março de 2020, hoje me encontro em custódia e aguardo minha audiência para ser ser sentenciado penso esse ano pelas autoridades de Hong Kong.

Aqui irei contar minha tragédia antes de vir para Hong Kong, como eu conheci as pessoas que me ofereceram a proposta para viajar traficando drogas e que me levou o motivo para cometer esse crime. 

Continuar lendo Uma vida desperdiçada

Coração partido

Sou brasileiro, tenho 24 anos. Escrevo esta carta para expressar a profunda angústia e dor que tanto eu quanto minha família estamos passando desde minha prisão em Hong Kong por tráfico de drogas perigosas. 

Escrevo esta carta como um aviso! Por favor, não se deixe seduzir pelo chamado ‘dinheiro fácil’. Há uma grande necessidade em alguns casos – como pensei que fosse o meu, mas por mais difícil que você possa pensar que sua situação seja não se iluda acreditando que o tráfico é a saída, porque não é!

Continuar lendo Coração partido

Um negócio de mentiras

Sou de África, venho de uma de classe média, decidi participar do programa Não Mais Mulas para Hong Kong porque foi usado, e  enganado,  por uma pessoa de nacionalidade nigeriana, devido ao meu trabalho de comércio informal.

Este indivíduo veio até mi  abordo-me dizendo que queria comprar os meus produtos, dias depois, quando viu que já havia adquirido confiança em mim, ele convenceu-me a levar os meus produtos para a áfrica do sul, onde ele teria mais clientes.

Continue lendo

Não jogue com sua liberdade

Moro em São Paulo, zona leste, tenho 3 filhos. Devido ao desemprego que existe em meu país eu acabei me envolvendo com o tráfico de drogas, através de uma amiga minha, pois ela casam-se com um africano que é envolvido com tráfico de drogas. Então ela apresentou seu marido pra mim. Certo dia o mesmo me convidou prá eu transportar drogas para outros países, então eu logo aceitei sempre conheci o crime e sei as suas consequências, mas nunca tinha me envolvido. Sempre fui trabalhador e conhecedor da palavra de Deus. 

Continue lendo

Meu primeiro filho nasce na prisão

Sou brasileira, tenho 23 anos e em dezembro de 2018 uma semana antes de vim pra Hong Kong, sair da minha cidade no norte do brasil para São Paulo. Eu estava grávida de 7 meses quando finalmente minha viagem para Hong Kong deu certo. Uma “amiga” me fez uma proposta e na condição que en me encontrava tuve que acutar. 

Eu me encontrava sem emprego, minha família e super humilde, o pai do meu filho não me ayudara en nada naquele momento eu estava frágil e sem saída, não via outra opção, outro caminho. Então fui para São Paulo uma semana antes do natal, fique em um hotel no centro da cidade chamado “São Jorge”, e fique lá algunos días.

Continue lendo

O amor online me transformou em uma mula

Estou lhe mandando essa carta para lhe explicar sobre minha história. Eu moro em Pará, Brasil eu conheci uma pessoa na rede social e a gente conversava por muito tempo, então, essa pessoa me convidou para conhecer Hong Kong. Me deu o dinheiro da passagem e mandou uma amiga me entregar algumas jaquetas porque em Hong Kong estava muito frio. Então eu aceitei. Visualizei todas as jaquetas e tava todas com etiqueta perfeito estado. Então vim para Hong Kong em dia 25/12/2018 e cheguei dia 26/12/2019 às 7 horas da noite.

Continue lendo